Jornal O Espaço - Edição 433

07 Educação/Artigo O Espaço - 433 - RIO VERDE - GO 16 a 30 de novembro de 2018 BRASIL: E OS SALVADORES DA PÁTRIA Se você quer: vender, comprar, alugar, divulgar o seu comércio, publicar editais... Anuncie no Jornal O Espaço (64) 3612-1550 Alunos e professores da UniRV O Brasil tem um histórico de Salvadores da Pátria, a perder de vistas. Em 1960, o cenário econômico bra- sileiro vivia um verdadeiro caos, com uma inflação as- sustadora, o êxodo rural em ritmo galopante, os escânda- los de corrupção no serviço público, vez que Juscelino Kubitschek de Oliveira com sua vaidade além de seus hábitos de esbanjar o din- heiro público, deixava cor- rerem desenfreados os gas- tos exorbitantes por parte do funcionalismo público. Para que se possa ter uma ideia, Kubitschek mandava fazer transporte de tijolos, madeira e telhas de avião. O Brasil estava endividado e a população assustada com o cenário econômico e político daquela época; Jânio Quad- ros se lança à candidatura a presidência e seu slogan de campanha foi varrer a cor- rupção e os corruptos e, para tal, usava vassouras em todas as reuniões e comícios e com isso o povo se empolgou e o elegeu como o salvador da pátria, vez que prometia mu- dar os rumos do sistema ad- ministrativo nacional. Naquela época, o vice-pres- idente concorria às eleições independentes do candidato à presidência, ou seja, o vice não era obrigatoriamente vinculado à mesma chapa; isso, garantido pela consti- tuição de 1946. Eleito com maioria expressiva tomou posse em 11961 no momento oportuno e com suas polêmi- cas provocou os companhei- ros de partido e também o congresso; sem espaço, seu governo durou sete meses apenas e Quadros renunciou ao mandato; O vice-pres- idente seria João Goulart, eleito a vice por outro par- tido e era considerado um agitador, que foi censurado e rejeitado pelos militares, mas Goulart assume a presidência em sete de setembro de 1961, com garantia do congresso. Seu governo foi um desas- tre e os militares resolveram destituí-lo decretando inter- venção e assumir por curto espaço de tempo (março de 1964, por seis meses), mas com o gosto pelo poder, gov- ernara (ou desgovernaram) até 1984. O colégio eleitoral elege um presidente civil, que morre antes da posse e assume o vice, Jose Sarei que foi um fiasco administrativo, com uma inflação a quase cem por cento e sem credibil- idade para com os outros Países; vem Color de Melo com promessas de acabar com os marajás e com isso foi bem votado, mas logo depois da posse teve seu mandato cassado. Assume o vice, Itamar Franco, que elege Fenando Henrique Cardoso seu sucessor; Fer- nando Henrique foi um dos maiores ladrões da Repúbli- ca, mas quem foi preso foi seu sucessor, que governou acompanhando o modelo de governo de FHC. Depois de a cassação de manda- to de dois presidentes em um curto espaço de tempo e com a rejeição em massa ao sucessor da última pres- identa cassada, assistimos agora a eleição de Jair Bol- sonaro, que vem como mais um desses Salvadores da Pátria. Esperamos que pos- sa quebrar os paradigmas e reverter esse histórico nega- tivo com que vem sofrendo o Brasil e o povo brasileiro que deposita sua confiança a promessas que no geral não são cumpridas. Francisco de Paula Mesquita O Reitor da Universidade de RioVerde – UniRV, professor Dr. Sebastião Lázaro Pereira, o Vice-Reitor, professor Me. Leonardo Veloso do Prado e os Pró-Reitores, profes- sores Ma. Helemi Oliveira Guimarães de Freitas (Grad- uação), Me. Nagib Yassin (Assuntos Estudantis) e Me. Alberto Barella Netto (Ad- ministração e Planejamento) participaram, desde segun- da-feira, 12/11 em Campo Grande - MS, do 63º Fórum Nacional da Associação Bra- sileira dos Reitores das Uni- versidades Estaduais e Mu- nicipais (Abruem). Com o tema “Dialogo entre a Universidade e a Socie- Reitoria participa do Fórum da Abruem em Campo Grande O Reitor da Universidade de Rio Verde – UniRV, pro- fessor Dr. Sebastião Lázaro Pereira apresentou a UniRV durante o 63° Fórum Na- cional de Reitores da Asso- ciação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais – Abruem. A Instituição será a anfitriã do 64° Fórum, que será pro- movido de 22 a 25 de maio de 2019, na cidade de Caldas Novas - Goiás. O anúncio foi feito pelo Reitor durante a reunião do Conselho Pleno na tar- No evento o reitor apresenta UniRV durante Fórum Nacional da Abruem Sabe-se que a ciência se renova a cada dia, na espe- cialidade endodôntica não seria diferente. Cientes da importância da pesquisa e at- ualização para um tratamento de qualidade, a Faculdade de Odontologia da Universi- dade de Rio Verde – UniRV, promoveu na segunda-feira, 12/11, no auditório do Bloco Administrativo, o início do Faculdade de Odontologia promove o “II Simpósio de Endodontia” Na terça-feira, 06/11, a pro- fessora da Faculdade de Di- reito da Universidade de Rio Verde - UniRV, Muriel Am- aral Jacob defendeu a sua tese de doutorado intitulada “A verdade no processo pe- nal: a gestão dialética-aprox- imativa da prova”, pela Pon- tifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Sob orientação do professor Marcio Pugliesi, a tese abor- da os conceitos de verdade, processo e prova, e a ligação existente entre eles para o proferimento de uma decisão judicial. Segundo a docente, o estudo se mostra plena- mente justificável, tendo em vista a relevância que o tema da verdade encontra no di- reito, especialmente no con- texto processual penal, bem como a necessidade de se conferir aplicabilidade plena força normativa à Constitu- ição da República de 1988. A Reitoria parabeniza a professora Muriel pela aprovação no doutorado e o sucesso do trabalho, o qual sem dúvida irá agregar na formação dos docentes, dos acadêmicos e colaborar com a sociedade. Ampliando a qualificação do corpo do- cente nas diversas áreas do conhecimento, atualmente, dezesseis professores do cur- so encontram-se em proces- so de doutoramento. dade”, o Fórum tem como objetivo propiciar um espaço de encontro e discussão aos reitores das universidades associadas. O encontro en- cerrou na quinta-feira, 15/11, com diversas palestras, me- sas-redondas e atividades culturais. Dentre os assuntos em pauta está a mobilidade acadêmica, como um processo de am- pliação dos horizontes para o jovem estudante do Brasil. “É uma grande oportunidade para todos os reitores de am- pliar seus conhecimentos e também para buscar ex- periências que servirão para ajudar no dia a dia de cada um”, disse o Reitor da UniRV. de desta terça-feira, 13, em Campo Grande - MS. “Esta- mos preparando um grande evento para receber os Rei- tores da Abruem em Caldas Novas. Além de debater as políticas do novo Governo, vai ser uma oportunidade de todos desfrutarem das rique- zas da cidade das águas ter- mais”, comentou. O Fórum Nacional da Abruem começou na segun- da-feira, 12/11, e foi até quin- ta-feira, 15/11, com atrações culturais, palestras, debates e apresentação das Câmaras. “II Simpósio de Endodontia”. Para compor a mesa de honra estiveram presentes, o diretor da Faculdade de Odontolo- gia, professor Me. Ernando Assunção Ferreira; o coor- denador do evento, professor Victor Araújo Alves Borges Oliveira e a orientadora e o presidente da Liga de Endo- Professores. Alberto Barella, Nagib Yassin, Sebastião Lázaro, Leonardo Veloso e Helemi Oliveira Gustavo Chaves, especialista em Endodontia dontia (LIAE), professora Ma. Gabriela Campos Mes- quita e Felipe Guimarães Matos, respetivamente. Segundo o diretor do curso, professor Me. Ernando As- sunção Ferreira, o Simpósio proporciona aos participantes a oportunidade de se atualizar sobre temas atuais na área de Endodontia. “Estes even- tos são fundamentais para o aprimoramento, não só dos estudantes, mas também dos profissionais da Odontologia de Rio Verde e região. “Neste ano, contamos com temas de grande relevância na área e palestrantes com comprovada experiência téc- nica e científica. Para os nos- sos discentes, são dois dias Docente da Faculdade de Direito defende tese de Doutorado de intenso trabalho, aper- feiçoamento e possibilidade de novos contatos profission- ais”, contou. Para abrir as atividades da noite, acadêmicos das Facul- dades de Psicologia e Medici- na fizeram uma apresentação musical. Em seguida, a pal- estra magna com o tema “En- dodontia atual: inovações e desafios da especialidade” foi ministrada pelo professor da equipe EndoScience, Gusta- vo Chaves. Ele é especialista em Endodontia pela Asso- ciação Brasileira de Odont- ologia (ABO/GO), mestre e doutorando em Odontologia pela Universidade Federal de Goiás (FO/UFG). Para encer- rar, foi realizado um coffee break e sorteio de brindes.

RkJQdWJsaXNoZXIy